Genética

Desde o Projeto do Genoma Humano, o mapeamento do código usado para a criação dos seres vivos, contido no DNA, tem proporcionado uma nova janela para compreender o funcionamento e disfunções que afetam o nosso corpo e nossa mente. A partir destes testes, podemos gerar insights em relação às nossas características genéticas a fim de melhorar a saúde e o bem-estar. 

 

DNA Health

O painel DNA Health foi projetado para melhorar o bem-estar e a saúde, personalizando
as escolhas de estilo de vida e dieta e, quando necessário, usando suplementos personalizados para compensar qualquer déficit nutricional específico com base em variantes genéticas específicas.

O DNA Health auxilia o profissional de saúde a estabelecer a nutrição ideal necessária para uma boa saúde, longevidade e mitigação do risco de doenças. A dieta é um fator-chave na determinação da estabilidade genômica, pois afeta todas as vias relevantes: exposição a agentes cancerígenos, biotransformação, reparo e síntese de DNA e apoptose (morte celular). As atuais recomendações alimentares para vitaminas e minerais baseiam-se amplamente na prevenção de doenças relacionadas à sua deficiência. No entanto, como as doenças relacionadas ao estilo de vida são parcialmente causadas por danos ao DNA, é lógico que devemos concentrar nossa atenção na definição de requisitos ideais de minerais e vitaminas essenciais para prevenir a instabilidade genômica.

Atenção adicional deve ser dada a indivíduos com polimorfismos genéticos que alteram a biodisponibilidade de micronutrientes específicos e a afinidade de enzimas-chave específicas por seu co-fator.

 

Valor clínico:

  • Destaca vias metabólicas específicas que podem exigir atenção extra
  • Fornece recomendações que envolvem a otimização de quantidades de certos nutrientes, vitaminas e minerais
  • Sugere se um indivíduo é mais capaz de reduzir seus níveis de colesterol através da dieta, em oposição a medicamentos
  • Fornece uma indicação do grau de suscetibilidade aos efeitos nocivos dos agentes cancerígenos ingeridos na dieta

 

O laudo do DNA Health fornece:

  • O nível de impacto de quaisquer variantes genéticas identificadas;
  • Uma explicação do seu impacto na saúde;
  • Recomendações nutricionais e de estilo de vida adequadas;
  • Os resultados são divididos em seções das principais funções metabólicas, para que as fraquezas e pontos fortes genéticos dentro de uma área funcional possam ser facilmente identificados.

 

 

 

DNA Diet

Um dos primeiros produtos desse tipo no mundo, o DNA Diet testa 15 genes que afetam o
metabolismo e o desempenho no exercício. Os genes que compõem o DNA Diet têm associações com o peso e o índice de massa corporal, e todos atendem a critérios rigorosos de utilidade nos testes de triagem genética. Fornecemos um relatório detalhado com recomendações que incluem mudanças na dieta e um programa de exercícios.

Os genes envolvidos na regulação do gasto energético, do apetite e do metabolismo da gordura desempenham um papel importante na regulação do peso. De fato, 40% a 80% da variação no peso corporal é devido a fatores genéticos. Isso ajuda a explicar por que nem todos ganham ou perdem peso enquanto seguem a mesma dieta, apesar de serem expostos a ambientes semelhantes. Identificar a capacidade de resposta de um indivíduo à modificação de dieta e estilo de vida para controlar o peso pode ser extremamente vantajoso. Nessa direção, a genética determina a suscetibilidade de um indivíduo à obesidade quando exposto a um ambiente desfavorável. Também explora a maneira como uma pessoa responde à dieta e ao exercício. Embora a nutrição saudável possa, em certos casos, resultar em perda de peso, isso depende de muitos fatores. O DNA Diet fornece um programa de nutrição e exercício personalizado que o auxiliará na determinação da dieta ideal.

 

Valor clínico:

  • Fornece estratégias para controle de peso com base na composição genética
  • Oferece motivação a indivíduos com o objetivo de perder peso
  • Fornece uma compreensão de por que os programas anteriores de gerenciamento de peso podem não ter sido bem-sucedidos
  • Fornece informações sobre qual tipo de dieta (ou seja, estilo mediterrâneo, dieta pobre em carboidratos e baixa gordura) pode ser mais adequada a um indivíduo para controlar o peso, com base no genótipo

 

O laudo do DNA Diet fornece:

  • O nível de impacto de quaisquer variantes genéticas identificadas;
  • Uma explicação do seu impacto no controle de peso;
  • Recomendações nutricionais e de estilo de vida adequadas. Isso inclui prioridades de gerenciamento de peso, princípios de plano de dieta, planejamento de exercícios e como calcular horas de MET.

 

 

DNA Sport

O DNA Sport examina várias áreas biológicas que afetam a capacidade de resposta ao
treinamento e o desempenho esportivo. Estes incluem a formação e remodelação de tecidos moles e ossos; inflamação; estresse oxidativo; oxigenação influenciada pelo fluxo sanguíneo e respiração; produção de energia e combustível; e metabolismo durante o exercício. O conhecimento das variações genéticas que influenciam essas principais áreas biológicas pode ser usado para explorar quaisquer vantagens genéticas e identificar quaisquer pontos fracos que precisam ser suportados, por meio da dieta e das estratégias de treinamento.

Adequado para o atleta recreativo e o atleta de alto desempenho, fornece informações para otimizar:

  • Potência e resistência – fatores fisiológicos
  • Integridade estrutural – patologia dos tendões e risco de lesões
  • Recuperação – padrões de treinamento e nutrição

 

O laudo do DNA Sport fornece:

  • O nível de impacto de quaisquer variantes genéticas identificadas
  • Uma explicação do seu impacto no desempenho esportivo, lesões e risco de recuperação
  • Recomendações nutricionais e de estilo de vida adequadas em relação ao desempenho em saúde e esportes, incluindo potência e resistência, potencial atlético e princípios fundamentais de treinamento, lesões e recuperação

 


DNA Mind

O DNA mind relata associações nas seguintes áreas:

  • Distúrbios neurodegenerativos – declínio cognitivo leve e doença de Alzheimer de início tardio

  • Transtornos do humor – transtorno depressivo, transtorno bipolar, transtorno de ansiedade e transtorno de estresse pós-traumático
  • Comportamentos relacionados à dependência – alcoolismo, tabagismo, dependência a cannabis, opioides, resposta psicótica ao uso de cannabis, distúrbios alimentares (compulsão alimentar), ‘busca de adrenalina’ e tendência a correr riscos

 

Os distúrbios neuropsiquiátricos são um problema sério de saúde pública, sendo responsáveis por até um quarto do tempo que a pessoa convide com alguma doença ou deficiência (Gatt et al 2015.). Embora a herdabilidade desses transtornos mentais seja significativa, os fatores ambientais também desempenham um papel fundamental em sua etiologia. Variações genéticas envolvidas nos principais processos biológicos que contribuem para o risco de desenvolvimento de distúrbios da saúde mental podem fornecer informações para a prevenção, diagnóstico e tratamento da doença. Nessa linha, o DNA Mind analisa 30 genes que demonstraram ter associações significativas com os principais distúrbios da saúde mental.

 

Valor clínico:

  • O conhecimento do genótipo de um indivíduo fornecerá uma visão diagnóstica e auxiliará na determinação de estratégias de tratamento ideais para indivíduos que sofrem ou correm risco de distúrbios de saúde mental.

 

Os genes incluídos no teste estão envolvidos nas principais áreas biológicas relacionadas à saúde mental. Essas áreas incluem:

  • Metabolismo lipídico
  • Inflamação
  • Metilação
  • Vias neurotróficas, dopaminérgicas e serotoninérgicas
  • Via endo-canabinóide
  • Sinalização celular

 

O laudo do DNA mind fornece:

  • Identificação do nível de impacto de quaisquer variantes genéticas
  • Uma explicação do seu impacto na área bioquímica específica
  • Uma explicação do impacto de cada área na saúde mental

 

 

 

DNA Skin


O futuro dos cuidados com a pele requer uma estratégia de tratamento personalizada, com base em informações relacionadas à sua bioquímica individual e herança genética.
DNA Skin analisa variações em 18 genes associados às seguintes áreas-chave envolvidas na saúde e no envelhecimento da pele:

  • formação de colágeno;
  • proteção contra exposição solar e UV;
  • inflamação;
  • proteção contra o estresse oxidativo.

A partir das informações reveladas pelo teste DNA Skin, estilo de vida personalizado, nutrição, recomendações nutracêuticas e cosmecêuticas podem ser dadas para melhorar a pele e diminuir os sinais visíveis de envelhecimento.

 

O laudo do DNA Skin fornece:

  • O nível de impacto de quaisquer variantes genéticas identificadas
  • Uma explicação do seu impacto no metabolismo na saúde da pele e envelhecimento
  • Recomendações nutricionais e de estilo de vida adequadas para ter uma pele saudável

 

 

 

DNA Oestrogen

O DNA Oestrogen inclui 11 genes envolvidos na biossíntese e metabolismo do estrogênio e desintoxicação das fases I e II, fornecendo informações para orientar recomendações personalizadas sobre dieta, estilo de vida, hormônio e nutracêutica.

Aproximadamente 80% dos casos câncer de mama ocorre em mulheres sem histórico familiar. O estrogênio afeta a função de vários tecidos-alvo, e pesquisas demonstraram que um aumento da exposição ao estrogênio ao longo da vida é um forte fator de risco no desenvolvimento de câncer de mama. DNA Oestrogen avaliam variantes genéticas que demonstraram ter um impacto sobre a forma como o estrogênio é metabolizado. Melhorar o metabolismo do estrogênio é benéfico para homens e mulheres que sofrem de inúmeras condições relacionadas a altos níveis de estrogênio e que têm maior exposição ao estrogênio, seus metabólitos e outros agentes cancerígenos durante a vida. Com base nos resultados do DNA Oestrogen é possível obter informações para orientar as recomendações de dieta, hormônios e suplementos nutricionais e, assim ajustar o metabolismo deste hormônio.

 

Recomendado para:

  • Homens ou mulheres com forte histórico familiar de câncer de mama, ovário, cólon ou próstata
  • Mulheres que sofrem de condições dominantes de estrogênio, como endometriose, síndrome pré-menstrual e tumores fibroides uterinos
  • Mulheres considerando contraceptivos orais, terapia de reposição hormonal ou suplementação hormonal bio-idêntica
  • Mulheres que estão considerando fertilização in vitro ou que foram diagnosticadas com câncer de mama positivo para receptores de estrogênio

 

O laudo do DNA Oestrogen fornece:

  • O nível de impacto de quaisquer variantes genéticas identificadas
  • Uma explicação do seu impacto no metabolismo do estrogênio
  • Recomendações nutricionais e de estilo de vida adequadas para apoiar o metabolismo saudável do estrogênio

 

 

 

Farmacogenética

Medcheck

Para uma visão abrangente

Medcheck Psych (mypsychRx PGX)

Para a saúde mental

 

Nos Estados Unidos, por exemplo, mais de dois milhões de pessoas são hospitalizadas e pelo menos 100.000 morrem por ano em decorrência da não resposta ou de reações adversas a medicamentos.

A farmacogenômica é a área da genética responsável por estudar os impactos da variabilidade genética na população sobre os efeitos na terapia com medicamentos, com a finalidade principal de minimizar os efeitos adversos e otimizar os efeitos terapêuticos. Com o auxílio da farmacogenômica o especialista poderá ter mais segurança e assertividade ao prescrever o medicamento adequado e a dose correta, já que possuirá informações importantes sobre o perfil genético do paciente.

Os testes farmacogenômicos são a adição mais recente ao nosso portfólio. Com eles analisamos os genótipos associados à capacidade de resposta a medicamentos para doenças cardiovasculares, psiquiatria e controle da dor, entre outros. Os relatórios fornecem aos profissionais diretrizes detalhadas sobre interações gene-medicamento; destacando potenciais efeitos colaterais, aumento da toxicidade e falta de eficácia. Ele foi desenhado para que seja abrangente e com laudo de fácil interpretação.

 

Classes de Medicamentos Avaliados:

Antipsicótico

Analgésico

Antiarrítmico

Antianginosos

Anticoagulante

Anticonvulsivante

Antidemência

Antiemético

Antiespasmódico

Antifolato

Antifúngico

Antihipertensivo

Agonista Colinérgico

Antiinflamatório

Antilipidêmico

Antimalárico

Antiplaquetário

Antiretroviral

Benzodiazepínico

Betabloqueador

Diuréticos

Estimulante do SNC

Estabilizador do humor

Hipoglicemiante

Imunosupressor

Hemostático

Opióide

Protetor Gástrico

Relaxante Muscular

Sulfonilureias